Brasil está à frente da Argentina para entrar na OCDE, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro encontrou-se em março deste ano com o presidente Donald J. Trump, dos Estados Unidos da América (Foto: Alan Santos / PR VIA AGÊNCIA BRASIL )

 

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (15) que o Brasil está “bastante adiantado” em relações aos critérios para ingressar na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), “inclusive na frente da Argentina”.

“São mais de cem requisitos para você ser aceito. Estamos bastante adiantados, inclusive na frente da Argentina. E as vantagens para o Brasil são muitas. Equivale ao país entrar na primeira divisão”, disse o presidente.

Na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro comentou a nota da embaixada dos Estados Unidos em Brasília na qual diz que apoia a entrada do Brasil na entidade. “A gente vinha trabalhando há meses em cima disso, de forma reservada, obviamente”, completou.

O presidente ainda ressaltou que, se a decisão dependesse apenas de seu homólogo americano, Donald Trump, o país já estaria na OCDE. “Eu não posso falar em prazo. Isso depende. Não é apenas do Trump. Se fosse do Trump, [o Brasil] já estava lá. Depende de outros países também. E nós estamos vencendo resistências e mostrando que o Brasil é um país viável”, finalizou.