Ministro diz que apenas se afirmou que petróleo no NE tem características do venezuelano

Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque  (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

 

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou nesta quinta-feira que o governo brasileiro em nenhum momento disse que o petróleo que atinge o Nordeste é da Venezuela.

Em declaração após leilão de áreas de petróleo, ele destacou que nunca se afirmou a origem do vazamento de petróleo no Nordeste. De acordo com o ministro o que foi dito é que o produto encontrado nas praias, há mais de um mês, tem características similares ao da Venezuela.

Na véspera, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que “muito provavelmente” a origem é venezuelana e deve ter vindo do derramamento “acidental ou não”.

A investigação sobre o caso é “bastante complexa”, mas em questão de tempo o governo chegará à origem, segundo Albuquerque.

+ Marinha e Petrobras acham ‘assinatura’ da Venezuela em manchas de petróleo

Para ele, a origem é provavelmente de embarcação carregando o produto. “Essa é a principal linha de investigação.”

Nesta quinta-feira, o governo da Venezuela disse que o país não é responsável pelo petróleo que atingiu praias do Nordeste do Brasil.