Transporte via túneis de Elon Musk vai custar US$ 1 aos passageiros

Elon Musk, CEO da SpaceX e da Tesla (Foto: Justin Sullivan/Getty Images)

 

 

Imagine poder escapar do trânsito em túneis tecnológicos e ônibus elétricos criados por Elon Musk. Mas a melhor parte dessa história é o preço. Se alguém pensou que as soluções do bilionário custariam caro demais, pode pensar novamente. Segundo o executivo, uma passagem custaria apenas US$ 1 (R$ 3,75). 

O empresário da fabricante de veículos elétricos Tesla apresentou um projeto para construir uma rede de túneis para aliviar o congestionamento em Los Angeles. Segundo ele, sua ideia é transportar passageiros através de mini-ônibus autônomos que andarão por esta rede de túneis em toda a cidade, a uma velocidade de 150 km/h e podendo levar até 16 pessoas.

Seu objetivo é eliminar o tempo de espera dos passageiros, não usar gasolina e eliminar o trânsito na cidade.

saiba mais

  • O que Elon Musk e o Homem de Ferro têm em comum?
  • Depois de viagem à Marte, Elon Musk quer construir tijolos

Durante evento, o empresário defendeu seu plano de construir um túnel de teste na cidade. Esse projeto, segundo ele, determinará os desafios de escavação  no solo e rochas de Los Angeles.

“As rodovias estão no limite máximo de sua capacidade. Para transporte em túneis, você pode ter centenas de pistas, não há limite”, afirmou. Musk diz querer saber a opinião do público e alimentar planos de um sistema muito maior sob a cidade.

A empresa responsável pela empreitada é a Boring Company, que já começou a construção de um túnel de testes sob o estacionamento da sede da SpaceX, em Hawthorne, na Califórnia. No entanto, a lentidão para cavar túneis é um desafio. De acordo com Musk, as máquinas são aproximadamente 10 vezes mais lentas que um caramujo. O bicho até virou mascote da companhia e foi apelidado de Gary. Ele promete tornar a perfuração 15 vezes mais rápida e reduzir seu custo em 10 vezes.

Especialistas em transportes públicos, porém, têm ridicularizado o projeto. O questionamento é se o dinheiro investido no projeto não seria melhor usado em sistemas de transporte de massa e se a empresa pretende conectar suas estações com outras formas de transporte público. O metrô de Los Angeles disse em um comunicado que concordou em manter uma “parceria” com o empreendimento de Musk.

Quer conferir mais conteúdo da Época NEGÓCIOS?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app e também no Globo Mais. Baixe agora!
App Época NEGÓCIOS – app.epocanegocios.globo.com
App Globo Mais – app.globomais.com.br
Disponível para tablets e smartphones